Telemedicina: quais as vantagens desta inovação tecnológica para você

relógio

Publicado em 22 de setembro de 2023

telemedicina

A telemedicina é uma revolução na prestação de cuidados de saúde, possibilitando o acesso a serviços médicos de qualidade por meio da tecnologia. Nos últimos anos, o avanço das comunicações e da internet trouxe consigo a oportunidade de melhorar a forma como as pessoas interagem com os profissionais de saúde. 

Neste conteúdo, exploraremos as vantagens da telemedicina e como ela está moldando o futuro da assistência médica.

O que é a telemedicina?

A telemedicina é um termo que se refere à prestação de serviços médicos à distância, utilizando tecnologias de comunicação e informação. A tecnologia envolve o uso de dispositivos eletrônicos e plataformas de comunicação para conectar pessoas e profissionais de saúde.

Assim, esses pacientes têm acesso a consultas, diagnósticos, tratamentos, monitoramento e aconselhamento médico de forma remota. 

Em outras palavras, a telemedicina utiliza a tecnologia para superar as barreiras geográficas. Dessa maneira, ela proporciona acesso a cuidados de saúde mesmo quando o paciente e o médico não estão fisicamente presentes no mesmo local.

Como funciona a telemedicina?

As tecnologias comuns usadas na telemedicina incluem videoconferências, mensagens instantâneas, e-mails, aplicativos de saúde, assim como dispositivos de monitoramento de pacientes e sistemas de gerenciamento de registros médicos eletrônicos.

Portanto, os pacientes consultam médicos e recebem orientações sobre tratamentos. Além disso, eles compartilham dados de saúde e fazem acompanhamento sem a necessidade de se deslocar até um consultório. 

Agora que você sabe o que é e como funciona a telemedicina, confira quais as vantagens desse tipo de atendimento. 

Confira quais as vantagens da telemedicina

1. Acessibilidade aprimorada

Uma das maiores vantagens da telemedicina é a sua capacidade de eliminar barreiras geográficas e facilitar o acesso aos cuidados médicos. Em áreas remotas ou em regiões com poucos recursos médicos, a telemedicina permite que pacientes consultem médicos especializados sem a necessidade de viagens extensas. 

A modalidade é especialmente valiosa para pessoas com mobilidade reduzida. Isto é, idosos e pacientes crônicos que precisam de acompanhamento constante.

2. Economia de tempo e custo

A telemedicina reduz significativamente o tempo e os custos associados às consultas médicas tradicionais. Desse modo, os pacientes não precisam gastar horas em deslocamento até um consultório, evitando trânsito e longas esperas. 

Além disso, as consultas virtuais costumam ser mais acessíveis financeiramente, uma vez que eliminam os gastos com transporte e estacionamento.

3. Acesso a especialistas

Nas áreas rurais com escassez de especialistas médicos, a telemedicina desempenha um papel fundamental ao conectar pacientes a profissionais qualificados. 

Portanto, pacientes com condições raras ou complexas, recebem orientações e diagnósticos precisos de especialistas, mesmo que esses profissionais estejam localizados a grandes distâncias.

4. Monitoramento contínuo da saúde

A telemedicina possibilita o monitoramento constante de pacientes com doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e doenças cardíacas. Isso porque dispositivos médicos conectados podem transmitir dados em tempo real para os profissionais de saúde. 

Com isso, os especialistas podem ajustar os tratamentos de acordo com as informações recebidas. Assim, a tecnologia ajuda a evitar complicações e a melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

5. Redução do contágio

Especialmente relevante em situações de pandemia, como a Covid-19, a telemedicina reduz o risco de propagação de doenças infecciosas. Por isso, consultas virtuais permitem que pacientes recebam atendimento médico sem a necessidade de estar fisicamente presente em um ambiente clínico, minimizando o contato com outras pessoas.

6. Maior conveniência e flexibilidade

A telemedicina oferece conveniência e flexibilidade incomparáveis. Os pacientes podem agendar consultas de acordo com sua disponibilidade, incluindo horários fora do expediente tradicional. 

Além disso, a possibilidade de consultas por vídeo ou telefone torna mais fácil conciliar compromissos médicos com outras responsabilidades diárias.

7. Armazenamento eletrônico de dados médicos

A telemedicina permite que os registros médicos sejam armazenados digitalmente, facilitando o acesso às informações do paciente. Com isso, tem-se a redução da probabilidade de erros médicos devido a informações incompletas ou desatualizadas. 

A tecnologia também simplifica a coordenação entre diferentes profissionais de saúde envolvidos no tratamento.

Já pensou em contratar internet de qualidade e ainda ter acesso à telemedicina? Clientes Brisanet têm acesso à Doc Way, uma solução que oferece saúde sem filas e sem burocracia. Saiba mais sobre a Doc Way, clicando aqui.

Compartilhe

O que você achou?

Comentário
Nome *
E-mail *

Outros artigos semelhantes

Faça parte da comunidade Brisanet

Cadastre o seu e-mail para ficar atualizado com as nossas novidades.

icon jangada